Sócios da Wilhelm & Niels participam de congresso sobre recuperação de empresas

De acordo com a Serasa Experian, em 2016, cerca de 1.800 empresas brasileiras ingressaram com pedido de recuperação judicial. O número foi 44,8% superior aos pedidos registrados em 2015. A expectativa é que em 2017 grandes empresas também aumentem estas estatísticas. O advogado e sócio da Wilhelm & Niels Advogados Associados, Alcides Wilhelm, explica que os números aumentaram em função do período de recessão, mas também porque a Lei de Recuperação de Empresas e Falências (LRF) traz boas perspectivas para as companhias que ingressam no processo.

Para tratar sobre o tema, ocorre nesta sexta-feira (05), em São Paulo (SP), o Congresso Nacional Reestruturação e Recuperação de Empresas: Novas Estratégias e Desafios. No evento serão abordadas as melhores práticas em planos de recuperação judicial e nas renegociações das dívidas, além de novas linhas de financiamento para empresas em crise.

Os sócios da Wilhelm & Niels, Alcides Wilhelm e Diego Niels, participam do evento. “Por meio da legislação atual, das novas alternativas viáveis e com assessoria jurídica qualificada as empresas podem superar a crise. Eventos deste tipo oxigenam as práticas na área”, destaca Wilhelm.